Avançar para o conteúdo
Untitled (Holding Horizon), Alex Baczyński-Jenkins

Untitled (Holding Horizon), Alex Baczyński-Jenkins

01 – 02 Abril
sábado e domingo 17h30 às 20h30
ACESSIBILIDADE
Performance duracional em que o público se senta no chão e em estrados almofadados, podendo entrar e sair quando quiser.
“Vejo a partilha do prazer de dançar e de nos movimentarmos, juntos, em si mesma, como um modo de resistência afetiva queer. Esta peça fala da experiência da pista de dança queer como um lugar que pode representar um espaço seguro no interior de um ambiente hostil. Esse prazer e ato político podem estar condensados num único gesto de mãos – nos pulsos cativantes e exuberantes. Na discoteca, este gesto é uma forma de enviar um sinal, um modo de comunicação queer e de manifestação do eu.”
Alex Baczynski-Jenkins, Mousse Magazine, junho 2019
Na penumbra de Untitled (Holding Horizon), cinco corpos dançam em movimentos sincronizados numa negociação entre o desejo pessoal e o coletivo. Numa coreografia de gestos sensuais e alheados, mediados pelo box step (passo básico das danças sociais), o sentimento de prazer e de aliança emerge e coexiste com a sensação de desorientação, limite e perda. Esses corpos contagiam e deixam-se contagiar pelo diálogo ao vivo com a música e a luz, à medida que a repetição e a duração suscitam perceções e associações em constante mutação. Tal como um encontro fantasmagórico, uma celebração e um luto, um ritual imaginário e militante, ou a reminiscência de uma rave.
Embora Untitled (Holding Horizon) pretenda ser uma experiência contínua e de longa duração, o público pode entrar e sair da sala sempre que quiser.
In the near darkness of an ephemeral club, five bodies oscillate between the power of the collective and minimalist intimacy exploring subjectivity, disorientation, queer embodiment and desire. Untitled (Holding Horizon) draws inspiration from the box step, a movement used in several social dances, in order to create a subtle and captivating choreography.
12 eur
A classificar pela CCE
3h
Coreografia
Alex Baczyński-Jenkins
Em colaboração e com interpretação
Aaa Biczysko, Ewa Dziarnowska, Rafał Pierzyński, Ronald Berger e Sigrid Stigsdatter
Desenvolvido com
Aaa Biczysko, Ewa Dziarnowska, Rafał Pierzyński, Sigrid Stigsdatter e Tiran Normanson
Criado no âmbito da residência
Kem no Centro de Arte Contemporânea de Varsóvia – Castelo Ujazdowski
Direção de Produção 2018
Ola Knychalska
Luz e som ao vivo
Krzysztof Bagiński
Pesquisa sonora
Jana Androsova, Krzysztof Bagiński, Tobias Koch e Filip Lech
Consultoria de figurinos
Rafał Domagła
Uma encomenda
Frieze Artist Award 2018, em parceria com Delfina Foundation, no âmbito do programa Projetos Frieze, comissariado por Diana Campbell Betancourt
Uma produção
Alex Baczyński–Jenkins Studio
Direção (pesquisa e produção) ABJ Studio
Andrea Rodrigo
Gestão ABJ Studio
Sarie Nijboer
Distribuição
Something Great

Untitled (Holding Horizon), Alex Baczyński-Jenkins – Teatro do Bairro Alto

Data

01 - 02 Abr 2023
Desde

Hora

17:30

Localização

TBA - TEATRO BAIRRO ALTO
TBA - TEATRO BAIRRO ALTO
R. Ten. Raul Cascais 1 A, 1250-268 Lisboa

Deixe um comentário