Avançar para o conteúdo
to our nothing...

to our nothing…

De Romulus Neagu

Partimos de Romulus Neagu e de uma biografia ficcionada do seu percurso que em si acompanha os últimos 20 anos de dança em Portugal e que nos permite pela própria sucessão dos acontecimentos – a chegada a Portugal , a colaboração com a Companhia Paulo Ribeiro e outros, a permanência numa cidade do interior, o desenvolvimento de uma linguagem coreográfica de autor para nos aventurarmos numa reflexão sobre o local de verdade e fragilidade que é o lugar do palco e da criação, cruzando pequenas histórias (verdadeiras ou possíveis) e criando uma ligação entre elas com os grandes movimentos da história da dança: desde o abandono da estética clássica até à procura de novas metodologias de composição e criação e evidentemente a tentativa de acrescentar novos significados ao corpo. Mergulhando na dimensão humana e artística do intérprete, realizar-se-á um exercício de reflexão e introspeção personificada do indivíduo/artista, sobre a existência de uma relação triangular, às vezes conflituosa, entre a pessoa, o intérprete e a personagem, no ato da criação/vivência artística. Como evolui o intérprete na sua profissão, como se transforma e adapta o seu corpo, a sua vida? Uma avalanche de histórias, acontecimentos e emoções aparece como um acervo de memórias inseguras, soterradas pela passagem do tempo, colocando dúvidas sobre pertença e transformação de um passado comprometido pela memória e pelo esquecimento e pela sua permanência no presente. Será também o local de reflexão sobre a própria existência do intérprete e sobre as mudanças no seu estatuto e nas suas características/qualidades. Como transmitir ou permanecer nesse lugar frágil? Nesse limbo entre atividade e presença? Como deixar o corpo habitado e recetivo ao mesmo tempo? Partilhas, distâncias, silêncios. Será que conseguimos manter inalteráveis estas memórias? Será que nos lembramos de tudo? Tudo que nos lembramos, aconteceu mesmo? Até que ponto ficcionamos o nosso passado? O que é real? A memória do acontecimento ou a memória da emoção?

to our nothing… – Malaposta

Comprar Bilhetes

Data

26 Mar 2022
Expired!

Hora

20:30
CENTRO CULTURAL MALAPOSTA

Localização

CENTRO CULTURAL MALAPOSTA
R. de Angola, 2620-492 Olival Basto
Website
https://cartazculturallisboa.pt/agenda-centro-cultural-malaposta/




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *