Avançar para o conteúdo
O HOMEM DA CÂMARA DE FILMAR CICLO A ARTE NO CINEMA (1)

O HOMEM DA CÂMARA DE FILMAR | CICLO A ARTE NO CINEMA

nformamos que os lugares da sala onde se realiza este espetáculo/atividade SÃO MARCADOS.
Informamos que por razões que nos são alheias a programação (datas, horários, elencos, etc) pode sofrer alterações.

 

SINOPSE

 


CICLO A ARTE NO CINEMA

“… Por ser uma arte do espaço e do tempo,
o cinema é a grande síntese de todas, a sétima arte…”

Ricciotto Canudo

Em 1923 o cinema passava a ser considerado como a 7ª Arte, com a publicação do “Manifesto das Sete Artes”, escrito pelo teórico e crítico de cinema Ricciotto Canudo.
O cinema sintetiza e reúne em si as Artes do Espaço / Artes Plásticas (a Arquitetura, a Escultura e a Pintura) e as Artes do Tempo / Artes Rítmicas (a Música, a Dança e a Poesia). Entre o apolíneo e o dionisíaco, o cinema dialoga entre a razão e o caos, o mundo aparente e o mundo verdadeiro. Impulsos opostos e contraditórios, contudo, são complementares da criação estética e universal.
O Ciclo propõe um olhar sobre o cinema como uma das formas mais complexas e abrangentes de arte total. Interliga, na sua génese, diferentes disciplinas artísticas e tem a capacidade de renovar, influenciar, transformar e difundir as outras Artes.
Premissa suficiente para partirmos à descoberta das artes contidas na 7ª Arte.

O HOMEM DA CÂMARA DE FILMAR / CHELOVEK S KINO-APPARATOM
Dziga Vertov | DOC. | União Soviética | 1929 | 68’ | mudo, intertítulos em russo legendados em português | M/12

Dziga Vertov é um nome fundamental no cinema documental.
“O Homem da Câmara de Filmar”, enquanto sinfonia urbana, é uma celebração da paisagem urbana moderna e da vida das grandes cidades. A montagem completamente inovadora e mal-amada, para os críticos da época, sobrepõe, divide o ecrã, cria close-ups contrastantes, usa a técnica de stop-motion. Mais surpreendentemente, o filme descreve os processos da criação do próprio documentário. O homem com a câmara de filmar é o seu irmão Mikhail, e a sua mulher, Yelizaveta Svilova, editou o filme.

 

FICHA ARTÍSTICA

Composição e Piano: Filipe Raposo

PREÇOS

 

Bilhete Inteiro 12,00€

Assinatura CICLO A ARTE NO CINEMA  35,00€
Inclui bilhetes para os 5 filmes apresentados e os 2 cineconcertos:
O Homem da Câmara de Filmar | 2001: Odisseia no Espaço | Fellini 8 1/2 | O Nascimento da Arte | Viagem a Lisboa | O Mundo a seus Pés | O Gabinete do Dr. Caligari

Descontos
Maiores de 65 anos | Menores de 25 anos | Grupos + 10 pessoas
Profissionais de espetáculo | Residentes Odivelas | Cartões Câmara Municipal de Odivelas | Funcionários Câmara Municipal de Odivelas | Cartão FNAC | Konica Minolta | Clube P | STARQ | SDPGL | SPMS | APEE-EB2.3 D.DINIS | ACSS | Colaboradores El Corte Inglés *
*Descontos efetuados na bilheteira da Malaposta, mediante apresentação do respetivo documento comprovativo do desconto.

Descontos não acumuláveis e aplicáveis sobre o preço do bilhete inteiro.
Estes preços podem sofrer alterações a qualquer momento e sem aviso prévio.

A reserva e compra da assinatura e a marcação de lugares para pessoas com mobilidade reduzida (cadeira de rodas) deve ser realizada diretamente com a Malaposta através dos seguintes contactos: [email protected] ou 212478240

O HOMEM DA CÂMARA DE FILMAR | CICLO A ARTE NO CINEMA

Data

12 Nov 2023
Desde

Hora

17:00

Localização

CENTRO CULTURAL MALAPOSTA
CENTRO CULTURAL MALAPOSTA
R. de Angola, 2620-492 Olival Basto
Website
https://cartazculturallisboa.pt/agenda-centro-cultural-malaposta/