Avançar para o conteúdo
FILMar começar a acabar

FILMar: começar a acabar

O projeto FILMar, que a Cinemateca desenvolve desde 2020, aproxima-se do seu término. A 30 de Abril concluiremos um conjunto de ações que permitiram a identificação, preservação, digitalização e difusão de 10 mil minutos de património fílmico nacional relacionado com o mar. (…) Ao longo dos próximos três meses, na Cinemateca e em mais de 30 locais no país, iremos apresentar muitos desses filmes, enquanto vários continuarão a ser disponibilizados na Cinemateca Digital, acessível através do nosso site. Este projeto, concebido em colaboração com o Norsk Film Institut e a Cinemateca de Oslo, continuará a propor sessões, exposições e edições, dentro e fora de portas, explorando relações de proximidade entre o cinema e o mar, seja a indústria pesqueira, de conservas, promoção turística ou estudo científico, através de curtas e longas-metragens de ficção, documentário e animação, assinadas por autores que, muitos deles, nos mesmos territórios e sobre os mesmos tempos, ampliaram e contrastaram o modo de pensar, relacionar e perceber a importância do mar na narrativa cinematográfica nacional. (Cinemateca Portuguesa)

Programa:

2 fev: 19h
MATA DO BUSSACO
De Hans Berge (atribuído)
Noruega, 1919 – 8 min
SERNACHE DO BONJARDIM
De Silvino Santos
Portugal, 1929 – 11 min
AMAZONAS, O MAIOR RIO DO MUNDO
De Silvino Santos
Brasil, 1918 – 54 min
Duração total da projeção: 73 min | M/12 | Com a presença de Sávio Luís Stoco

2 fev: 21h30
TERRA SONÂMBULA
De Teresa Prata, com Nick Lauro Teresa, Aladino Jasse, Ernesto Lemos Macuacua
Portugal, Moçambique, 2007 – 96 min | M/12 | Com a presença de Teresa Prata

3 fev: 19h30
ACÇÃO SOCIAL AO PESCADOR
De António Veríssimo
Portugal, 1958 – 98 min | M/12

FILMar: começar a acabar

Data

03 Fev 2024
Desde

Hora

19:00

Localização

Cinemateca Portuguesa - Museu do Cinema
Rua Barata Salgueiro 39
Translate »