Avançar para o conteúdo
Festival Jazz Manouche Almada

Festival Jazz Manouche Almada

 

Bilhetes

18 de Maio 21h00 

Miss Manouche

A abertura do festival está a cargo de um dos grupos portugueses mais prestigiados e com mais anos de actividade em Portugal a tocar este estilo de jazz.
O ritmo swing dos anos 20/30, a paixão fogosa do jazz cigano e da incontornável figura de Django Reinhardt são o cartão de visita do quarteto Miss Manouche.
Interpretando os sucessos vocais dos primeiros dias da rádio no estilo swing manouche, os Miss Manouche apresentam em 80 minutos um espetáculo repleto de ritmos quentes e dançáveis para que seja impossível ficar indiferente.
Os Miss Manouche são Ian Mucznick (voz, guitarra), João San Payo (voz, baixo acústico), Luis Bastos (voz, clarinete) e Alcides Miranda (guitarra).

19 de Maio 21h00

Mano a Mano

Os irmãos André e Bruno Santos, são dois dos guitarristas mais ativos do panorama nacional, com vários discos editados em nome próprio e participação em projetos variados (Maria João, Carlos Bica, Rita RedshoesSalvador Sobral, entre outros). Além da atividade enquanto performers, são professores na escola do Hot Clube de Portugal, sendo o mano mais velho, Bruno, diretor da escola há uma década, com outros 10 anos a lecionar na licenciatura e mestrado da Escola Superior de Música de Lisboa. Juntos, formam a dupla ‘Mano a Mano’.
Ao vivo, a cumplicidade forte e empatia de André e Bruno Santos resulta numa viagem musical de melodias memoráveis, ritmos dançáveis e despiques amigáveis. Tudo num cenário que remete para a sala de estar onde tudo começou. Os manos recebem assim o público em sua ‘casa’, contam a sua história, contextualizando e explicando a origem e o porquê de cada uma das canções que tocam. @David Cachopo

19 de Maio 22h00

Tchavolo Schmitt

Charles “Tchavolo” Schmitt é uma lenda do jazz manouche. Ele personifica uma arte esquecida, um “caminho” que se pensava estar perdido para sempre nos meandros da história do jazz.
Ouvir Tchavolo é vaguear pelos becos do Mercado de Chope des Puces em Saint-Ouen, viajar até a Alsácia e conhecer a tradição por detrás desta história ou viajar no tempo até Paris dos anos 50 e parar nos pequenos cafés da Porte de Montreuil ou no mítico Chope des Puces em Saint-Ouen.
Tchavolo representa uma época em que tocar guitarra manouche era uma questão de alma e precisão na expressão, sem proezas, mas com a obrigação de abrir o seu coração a cada nota, a cada ataque da palheta. Foi assim que Tchavolo aprendeu a arte de tocar guitarra manouche, a cada segundo da sua vida. Tchavolo Schmitt (guitarra solo), Julien Cattiaux (guitarra ritmo) e Edouard Pennes (contrabaixo)

20 de Maio 21h00

Daniel John Martin & Romane

Romane é uma referência incontornável e um sábio conhecedor do jazz francês na tradição de Django Reinhardt. Faz parte de um grupo de guitarristas contemporâneos que tornaram o gypsy jazz mundialmente conhecido.
Romane é professor e fundador da escola Swing Romane Academie, onde a guitarra é ensinada na tradição de Django Reinhardt.
Daniel John Martin é um intérprete único, carismático e um dos mais talentosos e requisitados violinistas da sua geração. Nascido no Reino Unido, passou a sua infância em África e estudou violino nos conservatórios parisienses onde o jazz se tornou o seu primeiro amor.
O violino de Daniel juntou-se a grandes guitarristas ciganos mundiais como Boulou Ferré, Angelo Debarre e Romane, entre muitos outros. Daniel John Martin (violino), Romane (guitarra solo), Julien Cattiaux (guitarra ritmo), João Novais (contrabaixo)

21 de Maio 16h00 – entrada livre

Manouche Station + Escola de dança Blues&Swing Lisboa

Formado em 2015 por João Novais, Estação Manouche torna-se paragem obrigatória para descobrir os eternos temas do repertório do Jazz Europeu.
A estação Manouche reproduz a sonoridade contagiante dos anos 20 e 30, prestando homenagem aos lendários músicos do Hot Club de France, Django Reinhardt e Stephane Grappelli, retratando o espírito boémio, de glamour e diversão que acompanham este estilo musical.
A acompanhar este concerto estarão os notáveis dançarinos da escola de dança Blues&Swing Lisboa. Às 15h haverá uma aula de dança aberta a todo o público que queira participar. João Novais (contrabaixo), Gonçalo Mendonça (guitarra), Paulo Rosa (guitarra), João Silva (violino)

Festival Jazz Manouche Almada

Tags:

Data

18 - 21 Mai 2023
Desde

Hora

21:00

Localização

Cine Incrível
R. Cap. Leitão 1, 2800-135 Almada