Avançar para o conteúdo
Ciclo de cinema As identidades #7 o género

Ciclo de cinema “As identidades” #7: o género

#𝟕: 𝐚 𝐢𝐝𝐞𝐧𝐭𝐢𝐝𝐚𝐝𝐞 𝐝𝐞 𝐠𝐞́𝐧𝐞𝐫𝐨
𝘛𝘰𝘮𝘣𝘰𝘺, de Céline Sciamma (França, 2011)
O famoso termo que em língua inglesa é usado para miúdas com características masculinas é o nome do grande filme sobre a adolescente Laura que se passa por menino em um novo condomínio. O encontro tanto com outros garotos quanto com uma miúda põe em questão a escolha de Laura.
Tomboy aborda de forma muito delicada tanto a difícil passagem da infância para a adolescência quanto a descoberta da sexualidade e do gênero, ponto este cheio de atravessamentos e conflitos que suavemente são colocados no filme.
𝗖𝗶𝗰𝗹𝗼 𝗱𝗲 𝗰𝗶𝗻𝗲𝗺𝗮: 𝗮𝘀 𝗶𝗱𝗲𝗻𝘁𝗶𝗱𝗮𝗱𝗲𝘀
Filmes para serem vistos em conjunto, debatidos e comentados.
Nós somos atravessados por elas: invisíveis e mensuráveis, divisivas e políticas, permanentes e flexíveis, 𝗮𝘀 𝗶𝗱𝗲𝗻𝘁𝗶𝗱𝗮𝗱𝗲𝘀 compõem uma questão imprescindível no mundo globalizado em que tudo já se desmanchou no ar. Não por acaso o termo está tão em voga hoje. A hipertrofia do idêntico se contrapõe à virulência da generalização, num conflito de dimensões políticas e simbólicas que parece estar longe de acabar.
Se muitos destes emblemas parecem formatar boa parte das lutas e embates no século XXI, então uma compreensão desse sintoma é fundamental para percebermos as mudanças nas placas tectônicas sociais, queiramos ou não. A identidade reificada pressupõe em si a união e desunião. Um Deus vivo e bifronte, que vagueia ora vítima, ora punitivo. Nietzsche estava errado, e cabe a nós perceber o porquê através de outros nós.
// a entrada na Sirigaita é reservada a pessoas associadas

Ciclo de cinema “As identidades” #7: o género

Date

23 Abr 2023
Desde

Time

18:00

Localização

Sirigaita
Rua dos Anjos 12, 1170-016 Lisboa
Translate »