Avançar para o conteúdo
OBSIDIANA - VOL.2 - CENTRO CULTURAL MALAPOSTA

OBSIDIANA – VOL.2 – CENTRO CULTURAL MALAPOSTA

Agradecemos a sua preferência. Confirme se todos os dados do seu bilhete estão corretos. Informamos que os lugares da sala onde se realiza este espetáculo/atividade SÃO MARCADOS.

As normas de acesso a este evento respeitam as Diretrizes da DGS em vigor atualmente.
Na entrada, e a partir dos 12 anos, é obrigatório a apresentação do certificado digital COVID-19, de vacinação, recuperação ou testagem (teste PCR realizado nas 72h antes ou teste antigénio realizado nas 24h antes do espetáculo), bem como a apresentação do documento de identificação. Não são válidos auto-testes.

A entidade gestora do Centro Cultural da Malaposta recomenda que os espectadores acima dos 3 anos utilizem máscara facial, para proteção dos artistas.

Informamos que por razões que nos são alheias a programação (datas, horários, elencos, etc) pode sofrer alterações.

SINOPSE

… um notável alquimista dos sons, alguém capaz de processar criativamente os materiais que o rodeiam e de sintetizar aquilo a que, com propriedade, chama de «universo simbólico-artístico».
António Branco, Jazz Pt

“Obsidiana” é o segundo álbum de uma trilogia que resulta de uma reflexão ensaística sobre cores – vermelho, preto e branco -, e que será concluída em 2023. Filipe Raposo descreve esta trilogia como um “ensaio sonoro”, uma interpretação antropológica e artística sobre a cor, cruzando várias fontes de informação, na música, na pintura, na literatura.
O preto foi durante muito tempo contestado enquanto cor. Ao longo da História o seu percurso foi irregular: foi associado a` morte e ao luto; de um tom pobre passou a uma cor luxuosa, sofisticada e elegante com o aperfeiçoamento dos pigmentos; sugere dignidade, poder e mistério.
Plínio, o Velho, estabelece a etimologia do nome Obsidiana, assim designada por se assemelhar ao vidro vulcânico encontrado na Etiópia por Obsius, um explorador romano. A obsidiana forma-se quando a lava, o material de que é originária, arrefece rapidamente sem permitir a cristalização da maioria dos seus compostos. No Antigo Egipto utilizou-se para fins decorativos obsidiana importada das ilhas do Mediterrâneo oriental e das regiões do sul do Mar Vermelho. A obsidiana também se utilizava em circuncisões rituais pela sua agudez e maneabilidade.
As composições deste disco evoluem da tradição erudita europeia, que esta´ presente nas melodias de sabor modal do canto chão, a` evolução contrapontística renascentista ate´ às elaboradas fugas de liberdade cromática e harmónica. Neste disco, Filipe Raposo ainda explora técnicas composicionais que resultam do encontro da música improvisada com a música escrita.
Com data de lançamento prevista para junho 2022.

FICHA ARTÍSTICA

Composição e Piano: Filipe Raposo
Produção: Alzira Arouca
Fotografia: António Marinho da Silva

PREÇOS

Bilhete Inteiro – 12,00€

DESCONTOS
Maiores de 65 anos | Menores de 25 anos | Grupos + 10 pessoas
Profissionais de espetáculo | Cartões Câmara Municipal de Odivelas | Funcionários Câmara Municipal de Odivelas | Cartão FNAC | Konica Minolta | Clube P *
*Descontos efetuados na bilheteira da Malaposta, mediante apresentação do respetivo documento comprovativo do desconto.

A marcação de lugares para pessoas com mobilidade reduzida (cadeira de rodas) deve ser realizada diretamente com a Malaposta através dos seguintes contactos: ccmalaposta@gmail.com ou 212478240

OBSIDIANA – VOL.2 – CENTRO CULTURAL MALAPOSTA

Data

04 Jun 2022
Expired!

Hora

21:00
CENTRO CULTURAL MALAPOSTA

Localização

CENTRO CULTURAL MALAPOSTA
R. de Angola, 2620-492 Olival Basto
Website
https://cartazculturallisboa.pt/agenda-centro-cultural-malaposta/
Fevereiro 2022
Abril 2022
Maio 2022
Junho 2022
No event found!
Ver Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.