Avançar para o conteúdo
O FUNCHAL EM LONDRES

O FUNCHAL EM LONDRES

Sinopse:
Apesar da relevância da sua obra no contexto português, sendo da sua autoria os únicos Concerti Grossi portugueses conhecidos, Pereira da Costa é uma figura ainda bastante desconhecida. Deteve o cargo de mestre de capela da Sé do Funchal, não se sabendo exatamente em que período, mas estaria ainda ao serviço quando este conjunto de 12 Concerti foi publicado em Londres por John Simpson por volta de 1741. No frontispício, o compositor oferece a obra a João José de Vasconcelos Bettencourt (1703-1766), grande figura do mecenato artístico no Funchal, que provavelmente terá encomendado a obra e patrocinado a edição.
Este conjunto de doze concertos, dos quais serão apresentados neste concerto os números 6, 7 e 8, foram publicados como Op. 1, incluindo partes solistas para dois violinos e violoncelo, e partes tutti para dois violinos, viola e baixo contínuo. O único exemplar conhecido destes Concerti pertence à British Library e, estando em falta a parte de violoncelo solo é necessária uma reconstrução da mesma para a sua execução.
Na primeira metade do século XVIII, aquando da publicação destes concertos, Londres oferecia condições laborais de exceção pela emergência precoce do estatuto de trabalho freelancing, atraindo uma grande diversidade de músicos estrangeiros, entre os quais se destacou G. F. Händel. O programa de concerto que se seguirá apresenta os concertos de Pereira da Costa, lado a lado com obras de outros compositores que se destacaram na vida musical da capital inglesa no mesmo período, como os compositores Nicola Porpora, Francesco Geminiani ou o violoncelista Jacobo Bassevi Cervetto.

Bilhetes

Biografia:
O Ensemble Bonne Corde dedica-se ao estudo e revelação de música antiga, reunindo um grupo flexível e variado de instrumentistas apaixonados pelas práticas interpretativas historicamente informadas. Sob a direção artística da violoncelista e investigadora Diana Vinagre, o grupo especializa-se em repertório setecentista no qual o violoncelo ocupa um lugar de destaque, tanto no contexto da música instrumental como vocal, enquanto instrumento obligato. Neste contexto evidencia-se a descoberta e recuperação de várias obras em estreia moderna do repertório sacro português do período clássico nas quais é explorada uma inovadora utilização dos instrumentos de baixo contínuo. Nesta temporada destacam-se dois projetos de gravação para a prestigiada etiqueta belga Ramée: as Lamentações para a Semana Santa do compositor belga J.-H. Fiocco com os solistas Ana Quintans, Ana Vieira Leite e Hugo Oliveira, lançado em novembro de 2022, e a estreia discográfica absoluta dos Concerti Grossi de António Pereira da Costa.

O FUNCHAL EM LONDRES – Palácio Nacional de Queluz

Data

15 Jun 2023
Desde

Hora

19:00

Localização

Palácio Nacional e Jardins de Queluz
Largo Palácio de Queluz, 2745-191 Queluz
Categorias