Avançar para o conteúdo
O ESPECTADOR - CENTRO CULTURAL MALAPOSTA

O ESPECTADOR – CENTRO CULTURAL MALAPOSTA

Augusto é um imigrante brasileiro de 35 anos, que vive em Portugal com a sua mãe Inês e a cadela Clarinha. Além de servir e suportar diariamente o menosprezo da sua mãe, Augusto tem um trabalho que detesta. O seu único prazer está em ir frequentemente ao teatro, onde ele consegue esquecer os seus problemas e entregar-se a uma forte sensação de êxtase. Com uma vida pessoal cada vez mais opressora, Augusto intensifica as idas ao teatro, mas elas parecem não ser suficientes. Obcecado, começa a questionar alguns atores no fim dos espetáculos, passa a interromper apresentações para pedir mais entrega, até que um dia, no meio a uma discussão, acaba por agredir um encenador. A péssima fama de Augusto torna-se conhecida nacionalmente e os teatros passam a colocar cartazes nas bilheteiras, que proíbem a sua entrada. Não sendo mais possível ser público, resolve ser ator. Procura inúmeras companhias e artistas, mas estes recusam por diversos motivos, até mesmo por conta do que consideram ser outra língua, “o brasileiro”. Desesperado, Augusto executa um golpe: tomar à força um espetáculo. Sequestra os atores de uma companhia no dia de uma estreia e passa a comandar uma apresentação a solo, enquanto mantém o elenco original preso no camarim. Para evitar que as pessoas deixem o teatro, Augusto mostra suas habilidades de “ator” que imagina ter conquistado após vários anos como público. Desconfiando de que isso não seja suficiente, ameaça a plateia com uma bomba instalada no interior do teatro e que, para a sua ativação, bastaria apenas apertar um botão. Ao longo da apresentação, Augusto encena fragmentos de textos teatrais que sempre sonhou em atuar e fala da sua desastrosa vida pessoal, mas acaba por enfrentar um dilema sobre o que acreditava ser a relação do público com a arte e a dificuldade que parece estar a viver com os “seus espectadores”. Revoltado, Augusto decide ensinar a plateia o que é o teatro e como o bom público deve comportar-se em frente a este grande acontecimento. Num determinado momento, ouve-se a chegada da polícia, que pretende invadir o teatro e socorrer os reféns. Desesperado, Augusto procura finalizar seu monólogo e realizar o desejo de ser aplaudido, nem que para isso seja preciso causar uma tragédia.

FICHA ARTÍSTICA

Texto: Daniel Freitas
Encenação: Juliano Luccas
Assistente de encenação: Bruno Huca
Interpretação: Daniel Freitas
Desenho de Luz e Cenografia: Juliano Luccas
Figurino: João Telmo
Realização de Vídeo: Juliano Luccas
Produção Executiva: Daniel Freitas
Comunicação: Article Land

PREÇOS

Bilhete Inteiro – 12,00€

DESCONTOS
Maiores de 65 anos | Menores de 25 anos | Grupos + 10 pessoas
Profissionais de espetáculo | Cartões Câmara Municipal de Odivelas | Funcionários Câmara Municipal de Odivelas | Cartão FNAC | Konica Minolta | Clube P *
*Descontos efetuados na bilheteira da Malaposta, mediante apresentação do respetivo documento comprovativo do desconto.

A marcação de lugares para pessoas com mobilidade reduzida (cadeira de rodas) deve ser realizada diretamente com a Malaposta através dos seguintes contactos: ccmalaposta@gmail.com ou 212478240

O ESPECTADOR – CENTRO CULTURAL MALAPOSTA

Data

12 - 22 Mai 2022
Expired!

Hora

20:00
CENTRO CULTURAL MALAPOSTA

Localização

CENTRO CULTURAL MALAPOSTA
R. de Angola, 2620-492 Olival Basto
Website
https://cartazculturallisboa.pt/agenda-centro-cultural-malaposta/
Fevereiro 2022
Abril 2022
Maio 2022
Junho 2022
No event found!
Ver Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.