Avançar para o conteúdo
MARISA ANDERSON + CHICA - GALERIA ZÉ DOS BOIS

MARISA ANDERSON + CHICA – GALERIA ZÉ DOS BOIS

Longe vão os tempos de “Holyday Motel”, o primeiro álbum de Marisa Anderson, onde caminhava em passos pequeninos para o mundo da guitarra. Ainda meio envergonhada, cantava. Havia um profundo sentimento country ao longo de todo o disco e dificilmente se adivinharia o percurso que se seguiria, sobretudo na década seguinte, depois de “The Golden Hour”. O seu registo mudou, abandonou a ideia de canção-country e entregou-se ao dever da guitarra, misturando tradição com composição contemporânea, explorando o que há de noise no blues – e vice-versa – e deveres do minimalismo no jazz. Na última década tornou-se numa referência na interpretação de guitarra. Ouvimo-la na sequência de outros grandes, seja John Fahey, Robbie Basho ou Jack Rose, Marisa Anderson criou novas narrativas para entender a presença do instrumento na história norte-americana.

A sua vinda à ZDB traz um novo álbum, “Still, Here”, o regresso às gravações a solo, na casa que tem acolhido os seus últimos trabalhos, a Thrill Jockey. É o quarto álbum em cinco anos, o primeiro a solo desde o muito elogiado “Cloud Corner” (2018), e das colaborações com Jim White (“The Quickening”, 2020) e William Tyler (“Lost Futures”, 2021). Sem descurar a tradição, nestes últimos registos Marisa Anderson consolidou a procura por outros elementos, através do uso de electrónica, experimentar com o drone e deixar-se ir por frases mais contemporâneas, próximas de um Steffen Basho-Junghans.

Há cerca de dois anos conhecemos Chica com a sua “Brinca com o Cão”, esse hino a todo o tipo de precariedade com que os jovens adultos – e não só – se debatem hoje em dia. Este ano, lançou o seu primeiro EP, em qual trabalhou nos últimos dois anos, entre o Minho e Lisboa. “Cada Qual no seu Buraco” (produzido por Luís Severo) acrescenta mais canções à acidez de “Brinca com o Cão”, com uma singularidade pop muito directa. Chica transforma folk em jazz e sabe cantar com uma ligeireza desencantada que lhe é muito própria. Oportunidade para cantar com ela canções que falam uma geração. AS

ABERTURA DE PORTAS

21h30

PREÇOS

MARISA ANDERSON + CHICA – GALERIA ZÉ DOS BOIS

Data

07 Set 2022
Expired!

Hora

22:00
Galeria Zé dos Bois (ZDB)

Localização

Galeria Zé dos Bois (ZDB)
Rua da Barroca 59 - Lisboa
Website
https://cartazculturallisboa.pt/agenda-galeria-ze-dos-bois/




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.