Avançar para o conteúdo
Mad_Nomad_3_4site

MAD NOMAD

MAD NOMAD faz de raiz um mishmash entre jazzsampling, e spoken word, imbuído dos sons de Lisboa, Londres e Nova Iorque, cidades onde a criadora do projeto, Catarina Santos, tem vivido. Os textos surgem como que na família do spoken word, e a música é tudo menos convencional, seja na estrutura dos temas como nas referências. Tem momentos de caos, de poema em flow desconexo com a paisagem sonora onde esse se insere, de hip hop, de improvisação na linguagem abrangente do jazz – é um som que carrega histórias de imigração, de género, de compreensão do que é a identidade. Escrito por uma Portuguesa. Resumindo, textos de spoken word e um mundo sónico urbano, onde o jazz, o hip hop e sampling se unem num projeto de composições originais, com aspetos de colagem, manipulação de som e estruturas fragmentárias criadas ao vivo.

Os textos deste projeto fazem uma cartografia de imigração, uma espécie de diário de bordo sónico do dia a dia em grandes centros urbanos, num ato de afirmação positiva e consciente de questionamento da identidade e seus mecanismos internos e externos de formação. No fundo, ao quebrar convenções e estilos, assum-se neste projeto uma visão polimórfica e intersecional da identidade portuguesa, afetada e transformada em muitos anos de vida fora de Portugal. Os poemas são “artefatos culturais” que espelham um sentir múltiplo, que afirma uma não-identificação com o familiar, com o que oficialmente e na dinâmica social determina o ser português. Esta prática de não-identificação é o começo de uma sabedoria nómada – nomadismo como consciência crítica que resiste acomodar-se a códigos sociais de pensamento e comportamento. Tudo com estruturas em forma de colagem, hip hopjazz e muita criatividade ao vivo. Quebrando barreiras – a MAD NOMAD.

THE MAD NOMAD TEXTS – o livro
[18HOO : Apresentação do livro]

Projeto multidisciplinar, cujo núcleo consiste no disco “Untamed”, Mad Nomad, é a expressão literária e visual da experiência de emigração da artista Catarina dos Santos, nomeadamente, em Nova Iorque e Londres. Os textos (em Português e Inglês) e as ilustrações do livro expandem, interpretam e compõem uma leitura possível do percurso da mulher, artista, portuguesa, registado em spoken word, canções fortes e polisónicas, entre o jazz e o hip hop, presentes no disco.

Voz, Pedais e Composição CATARINA DOS SANTOS
Sintetizadores ÓSCAR M. GRAÇA
Baixo Elétrico e Pedais HUGO ANTUNES
Bateria Acústica e Eletrónica LUÍS CANDEIAS
Laptop e Sampling ANDRÉ PINHEIRO aka APACHE

MAD NOMAD – Malaposta

Comprar Bilhetes 12€

Data

28 Out 2022

Hora

21:00
CENTRO CULTURAL MALAPOSTA

Localização

CENTRO CULTURAL MALAPOSTA
R. de Angola, 2620-492 Olival Basto
Website
https://cartazculturallisboa.pt/agenda-centro-cultural-malaposta/




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.