Avançar para o conteúdo
FRANÇOIS CHAIGNAUD E GEOFFROY JOURDAIN

FRANÇOIS CHAIGNAUD E GEOFFROY JOURDAIN

Neste espetáculo deslumbrante e comovente, François Chaignaud – um dos principais representantes da dança francesa atual – e Geoffroy Jourdain – diretor musical do ensemble vocal Cris de Paris – trazem uma procissão de treze corpos que cantam e dançam. No meio do palco, o chão eleva-se num pequeno monte, um túmulo coberto de verde. O cenário imponente constitui uma paisagem que liga o lugar dos mortos ao mundo dos vivos, um lugar onde os intérpretes aparecem e desaparecem num movimento perpétuo. O grupo colorido de bailarinos e cantores evoca a imagem de uma comunidade de vivos, compartilhando a imensa alegria da fragilidade e da impermanência da vida. O seu canto polifónico ressoa nos corpos pulsantes, conjurando uma celebração espiritual de luto e consolação, dedicada aos que partiram.
Bilhetes 

FICHA TÉCNICA
Conceito François Chaignaud, Geoffroy Jourdain
Coreografia François Chaignaud
Direção musical Geoffroy Jourdain
Com Simon Bailly, Mario Barrantes, Florence Gengoul, Myriam Jarmache, Evann Loget-Raymond, Marie Picaut, Alan Picol, Antoine Roux-Briffaud, Vivien Simon, Maryfé Singy, Ryan Veillet, Aure Wachter, Daniel Wendler
Desenho de cena Mathieu Lorry-Dupuy
Conceção de luz Philippe Gladieux, Anthony Merlaud
Dramaturgia Baudouin Woehl
Assistente de direção musical Louis Gal
Assistente coreografia Anna Chirescu
Figurinos Romain Brau
Direção de cena e luzes Anthony Merlaud / Marinette Buchy
Gestão e produção Mandorle productions (Garance Roggero, Jeanne Lefèvre, Léa Le Pichon), Les Cris de Paris (Antoine Boucon, Diane Geoffroy, Aurore Lamotte)
Agência de difusão internacional A Propic (Line Rousseau, Marion Gauvent)

Apoio Instituto Francês

FRANÇOIS CHAIGNAUD E GEOFFROY JOURDAIN

Data

10 Mar 2023
Desde

Hora

21:00

Localização

Culturgest - Fundação CGD
Edifício-Sede da CGD - Rua Arco do Cego - Lisboa

Deixe um comentário

Translate »