Avançar para o conteúdo
Segunda manifestação desta residência conjurada pelos nossos DJ Foguinho e Augusto. Família em quem confiamos plenamente e que nos propõe trazer ao longo dos próximos tempos artistas que nunca tocaram na cidade. Sempre vitais. Noite incendiária com : Vile Karimi (live) DJ Jogging (dj set) Zancudo Berraco (live) DJ Foguinho (dj set) Vile Karimi Assente no Porto mas a habitar um plano muito seu, Vile Karimi estreia nas Damas a sua música feita da névoa da memória e da catarse que daí se precipita. Escapando às armadilhas mais complacentes do ambient, Vile Karimi suspende uma dimensão etérea sem medo de resgatar para a mesma todo um peso emocional que nunca se oferece como gratuito. Reflexo difuso de anseios e expectativas, deixa escapar harmonias melancólicas da bruma reverberada de gravações de campo, vozes espectrais e espaços sem cartografia. É ouvir 'Womb Trails' do ano passado para saber que não escrevemos mentiras. DJ Jogging Figura aqui de casa, Harry Speake estreia oficialmente este pseudónimo bem sacado, para nos revelar na pista e sob as luzes e reflexos da bola de espelhos as músicas que populam a sua vivência. Mente ávida e curiosa, tem particular fascínio pelo groove de várias eras - apesar de também passar muito tempo a ouvir cantautores chorosos - criando pontes entre o funk e suas derivações, balanço house, as falsas arritmias do footwork ou o pára arranca exultante da música de dança vinda das Ilhas Britânicas. Zancudo Berraco Encarnação de Henrique Apolinário que exalta a dança e a hipnose a partir de processos institivos de improvisação = composição em tempo real. Recorrendo a maquinaria analógica, gera um fluxo contínuo em constante mutação levado por uma intuição que tanto comanda o corpo ao movimento como liberta a mente para dimensões insondáveis, onde o pulso do techno se enreda em linhas de baixo ácidas, arpegios sinestésicos e texturas agrestes. Num jogo de luz e sombra sem destino definido. Está tudo nesse caminho. DJ Foguinho Congeminador da PYROMANYA e família aqui da casa, Bernardo Bertand tcp Menino da Mãe inaugura as hostes e toma conta da noite na recta final até ao acender das luzes do bar. Esperem uma abordagem infecciosa e exultante â pista, cheia de guinadas por entre edits speedados de r&b, baile funk do fundo do poço, ghetto house, footwork e uma presença que irradia. Entrada: 5 euros

PYROMANYA #2 – Damas

Segunda manifestação desta residência conjurada pelos nossos DJ Foguinho e Augusto. Família em quem confiamos plenamente e que nos propõe trazer ao longo dos próximos tempos artistas que nunca tocaram na cidade. Sempre vitais.

Noite incendiária com :

Vile Karimi (live) DJ Jogging (dj set) Zancudo Berraco (live) DJ Foguinho (dj set)

Vile Karimi Assente no Porto mas a habitar um plano muito seu, Vile Karimi estreia nas Damas a sua música feita da névoa da memória e da catarse que daí se precipita. Escapando às armadilhas mais complacentes do ambient, Vile Karimi suspende uma dimensão etérea sem medo de resgatar para a mesma todo um peso emocional que nunca se oferece como gratuito. Reflexo difuso de anseios e expectativas, deixa escapar harmonias melancólicas da bruma reverberada de gravações de campo, vozes espectrais e espaços sem cartografia. É ouvir ‘Womb Trails’ do ano passado para saber que não escrevemos mentiras.

DJ Jogging Figura aqui de casa, Harry Speake estreia oficialmente este pseudónimo bem sacado, para nos revelar na pista e sob as luzes e reflexos da bola de espelhos as músicas que populam a sua vivência. Mente ávida e curiosa, tem particular fascínio pelo groove de várias eras – apesar de também passar muito tempo a ouvir cantautores chorosos – criando pontes entre o funk e suas derivações, balanço house, as falsas arritmias do footwork ou o pára arranca exultante da música de dança vinda das Ilhas Britânicas.

Zancudo Berraco Encarnação de Henrique Apolinário que exalta a dança e a hipnose a partir de processos institivos de improvisação = composição em tempo real. Recorrendo a maquinaria analógica, gera um fluxo contínuo em constante mutação levado por uma intuição que tanto comanda o corpo ao movimento como liberta a mente para dimensões insondáveis, onde o pulso do techno se enreda em linhas de baixo ácidas, arpegios sinestésicos e texturas agrestes. Num jogo de luz e sombra sem destino definido. Está tudo nesse caminho.

DJ Foguinho Congeminador da PYROMANYA e família aqui da casa, Bernardo Bertand tcp Menino da Mãe inaugura as hostes e toma conta da noite na recta final até ao acender das luzes do bar. Esperem uma abordagem infecciosa e exultante â pista, cheia de guinadas por entre edits speedados de r&b, baile funk do fundo do poço, ghetto house, footwork e uma presença que irradia.

Entrada: 5 euros

PYROMANYA #2 – Damas

Date

27 Jan 2023
Expired!

Time

23:00

Localização

Damas
R. da Voz do Operário 60, 1170-039 Lisboa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *