Avançar para o conteúdo
"E se houvesse uma epidemia de votos em branco?"

“E se houvesse uma epidemia de votos em branco?”

A Cigarra – Associação Cultural, acolhe os percussionista Bernardo Cruz, Lourenço Oliveira e o contrabaixista Gonçalo Lopes num concerto que conta com algumas das peças mais relevantes do repertório contemporâneo. O espectáculo será dia 28 de Junho às 21h, sujeito a reserva através do email [email protected] e do Instagram @associacaocigarra. Os bilhetes devem ser adquiridos na sede da Cigarra (Encarnação – Lisboa)

Mais infos: https://www.instagram.com/associacaocigarra/

“E se houvesse um epidemia de votos em branco?”

Quando celebramos 50 anos de democracia em Portugal, esta frase de Saramago – mote de “Ensaio sobre a lucidez” – é potenciada pelo crescente descrédito no sistema político vigente e pelo surgimento de opções antidemocráticas em muitas democracias que se imaginavam consolidadas.

Na posição de criadores e músicos, como devemos responder a estes problemas? Para quem queremos dirigir a nossa música ? O que queremos comunicar? Uma critica à atual situação ou um incentivo à reflexão e compreensão dos problemas? Estas foram as perguntas que nos levaram às escolhas artísticas que aqui apresentamos.

Através das partituras de Cornelius Cardew, dos textos de John Cage ou das peças performativas de Nic Collins compreendemos que o artista não tem o papel nem a capacidade de provocar uma mudança radical e imediata no recetor mas tem sim a capacidade de incentivar à reflexão e de possivelmente despertar no recetor a consciencialização sobre algo, o que sublinha a importância da reflexão individual para o progresso de uma sociedade.

“Estas peças não têm qualquer conteúdo político explícito. No entanto, a maneira como funcionam pode ser vista como tendo implicações politicas” –  in Christian Wolff’s Writings and Conversations

Data

28 Jun 2024
Desde

Hora

21:00

Localização

Cigarra - Associação Cultural
R. Gen. Silva Freire B6, 1800-210 Lisboa
Opening Hour
20h00
Categorias
Translate »