Avançar para o conteúdo
Clairière Urbaine

Clairière Urbaine – Companhia Retouramont

Bridges to the Unknown – Crossing art with science, apresenta, em parceria com a Associação Turismo de Lisboa, a companhia de dança de origem francesa Retouramont que trará, a Portugal, duas peças de dança vertical. Os espetáculos “Matière Noire” e “Calirière Urbaine” terão lugar nos dias 15, 16 e 17 de Julho, no espaço exterior do Centro Champalimaud e no Pilar 7, na Ponte 25 de Abril.

A companhia Retouramont é pioneira na criação de espectáculos de dança vertical, um género onde o movimento coreográfico é explorado em diferentes superfícies e suportes verticais e aéreos. Para os artistas, as cidades são vistas como espaços ilimitados para a criação de movimentos e coreografias, passíveis de serem transformados em palcos onde a relação entre o corpo e a arquitetura ganha novas dimensões.

Os espetáculos da Companhia Retouramont são experiências únicas que propõem ao público não só uma aproximação à cidade, valorizando-a, mas também um novo olhar sobre o seu património arquitetónico e urbanístico. O espaço da Fundação Champalimaud irá acolher a apresentação única do espetáculo “Matière Noire”, no dia 15 de julho. Já o espetáculo “Clairière Urbaine”, contará com três apresentações, no Pilar 7,  nos dias 15, 16 e 17 de julho.

Matière Noire
15 de Julho, às 21:30 no espaço exterior do Centro Champalimaud

Matière Noire

 

No espectáculo “Matière Noire” (Matéria escura, em Português), é criado um jogo de luzes que entra em diálogo com as superfícies arquitetónicas do edifício do Centro Champalimaud. Enquanto os bailarinos executam a coreografia, as paredes revelam a consequência dos seus movimentos através da projeção de sombras, que parecem desafiar as leis da gravidade e as formas anatómicas. O público poderá criar diferentes narrativas, combinando o que observa no movimento dos bailarinos, com a projeção das sombras que parecem seguir um percurso próprio. Este espectáculo resulta de uma integração entre percepção visual e movimento.

Após o espectáculo, terá lugar uma conversa aberta ao público, entre os directores artísticos da companhia Retouramont e neurocientistas da Fundação Champalimaud. Será um espaço de discussão sobre o processo criativo do espetáculo, onde haverá também tempo para refletir  sobre como o cérebro integra informação sensorial (como aquilo que vemos e ouvimos) com a nossa percepção dos movimentos. A conversa será em Inglês.

Bilhetes gratuitos

O evento é gratuito, mas o registo é obrigatório! Registem-se aqui.

Data

15 - 17 Jul 2022
Desde

Localização

Vários Locais
Lisboa

Deixe um comentário

Translate »