Avançar para o conteúdo
Artist Talk KATARINA BALUNOVA

Artist Talk | KATARINA BALUNOVA

Zaratan AIR
Artist Talk | KATARINA BALUNOVA
QUANDO | 21 Janeiro, 18:00
ENTRADA | Gratuita
INFO | residencies@zaratan.pt
“Artist Talk” é um ciclo de conversas organizado pela Zaratan que oferece a oportunidade de encontrar os artistas internacionais em residência e de conhecer o seu processo criativo.
Neste encontro Katarina Balunova introduz a sua prática artística e os projectos em desenvolvimento durante a sua estadia em Lisboa.
A conversação é em inglês; os participantes são convidados a participar e questionar.
BIO: Katarina Balunova é uma artista interdisciplinar, investigadora e curadora sediada em Bratislava, Eslováquia. A sua prática artística se desenvolve numa ampla gama de médias, como pintura, instalação, performance, vídeo e poesia. Expõe regularmente em exposições em instituições internacionais, entre as quais destacam-se: Ely Center of Contemporary Art (USA), Czong Institute for Contemporary Art (South Korea), Kohta Kunsthalle (Finland, National Art Museum (China), Mark Rothko Art Center (Latvia), Dafen Art Museum (Shenzhen). O seu trabalho explora temas como a utopia e o habitat (urbano), assim como mitologias pessoais e a oscilação entre passado e futuro. Segundo Zygmunt Bauman, as utopias situam-se no espaço de tensão entre a crítica do presente, a procura de soluções para o futuro e as referências ao passado. As utopias podem ser uma busca por uma forma ideal de arquitetura e sociedade, uma memória da infância ou um Jardim do Éden. De fato, o paraíso é uma utopia espiritual, uma miragem da humanidade; é uma idade de ouro passada, mas também a promessa de uma vida futura após a morte, uma esperança eterna. As utopias são inerentemente ambivalentes, e é esse aspecto que mais interessa à artista – a contradição entre a procura da perfeição e a realidade desordenada da natureza e das emoções humanas. Como diz José Saramago no “Ensaio sobre a cegueira”: “O difícil não é conviver com os outros, é compreendê-los.” Este livro tornou-se o ponto de partida para a residência da artista na Zaratan: os olhos não servem apenas para olhar, mas também para observar. Que rumo está a tomar a sociedade e a civilização contemporânea?
A sua residência na Zaratan é financiada por fundos públicos do Slovak Arts Council.
[EN]
Zaratan AIR
Artist Talk | KATARINA BALUNOVA
SCHEDULE | January 21, 18:00
ENTRY | Free
INFO | residencies@zaratan.pt
“Artist Talk” is a series of conversations that offer the community a chance to meet the artists-in-residence at Zaratan and to gain insight into the creative process.
During this encounter on January 21, Katarina Balunova will briefly introduce her artistic practices and will give us an insight into the projects under construction during her time in Lisbon.
The conversation will be held in English; participants are invited to participate and question.
BIO: Katarina Balunova is an interdisciplinary artist, scholar, and curator based in Bratislava, Slovakia. Her artistic practice develops in a wide range of mediums such as painting, installations, performance, video, and poetry. She has exhibiting worldwide including the Ely Center of Contemporary Art USA, Czong Institute for Contemporary Art South Korea, Kohta Kunsthalle Finland, National Art Museum of China, Mark Rothko Art Centre Latvia, Dafen Art Museum Shenzhen, and others. Her work explores themes such as utopia, (urban) habitat, personal mythology, oscillation between the past and the future. According to Zygmunt Bauman, utopias lie in the space of tension between the critique of the present, the search for solutions for the future, and references to the past. Utopias can be a search for an ideal form of architecture and society, a memory of childhood, or a Garden of Eden. Indeed, paradise is a spiritual utopia, a mirage of humanity; it is a bygone golden age, but also the promise of a future life after death, an eternal hope. Utopias are inherently ambivalent, and it is this aspect which most interests the artist – the contradiction between the pursuit of perfection and the untidy reality of human nature and emotions. As José Saramago says in his novel: “The difficult thing isn’t living with other people, it’s understanding them.” The author’s novel Blindness became the starting point for the artist’s residency in Zaratan. Eyes are not only for looking but also for observing. Where are we heading as a society and a civilisation?
Her residency at Zaratan is supported using public funding by Slovak Arts Council.

Artist Talk | KATARINA BALUNOVA

Data

21 Jan 2023
Expired!

Hora

18:00

Localização

Zaratan - Arte Contemporânea
Rua de São Bento 432 - Lisbon

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *